Bem-vindo(a) a Filtros Inflow

Bem-vindo(a) a Filtros Inflow

Últimos Adicionados

Nenhum produto no carrinho.

Cuidados com veículo

  • Confira as dicas de especialistas para economizar após a alta do preço do combustível

    Em 2017 experimentamos uma das maiores altas dos últimos tempos no preço do combustível e o início de 2018 veio para provar que este panorama está longe de melhorar. A alta foi de 41 centavos por litro, que significa uma diferença enorme para quem precisa percorrer de carro longas distâncias todos os dias.

        Há pouco que pode ser feito do ponto de vista político. É preciso pensar em medidas urgentes para economizar porque o aumento realmente pesa no bolso de milhões de pessoas. Por isso, especialistas dão algumas dicas para economizar combustível e evitar que as finanças sejam tão impactadas com a alta dos preços.

    Substitua o veículo por caminhadas ou pedaladas

        A tendência de substituir o carro pela bike ou por uma boa caminhada tem crescido muito no Brasil, e prefeituras de diversas cidades têm acatado a causa e investido em infraestrutura para tanto, especialmente no que diz respeito aos ciclistas. É claro que essa dica não é válida para quem precisa andar longas distâncias todos os dias - realidade de pessoas que moram em grandes cidades ou que precisam viajar para trabalhar. Porém, é bastante válida para quem mora a algumas quadras do trabalho e acha mais cômodo ir de carro. Neste caso, a substituição do carro pela bicicleta ou pela caminhada pode representar uma economia bastante significativa no final do mês. Vale a pena tentar, certo?

    Só abasteça em postos de confiança

        Todos devem concordar que agora não é o momento ideal para fazer testes, certo? Muito bem! Aquele posto sem bandeira e com aparência duvidosa não deve ser a melhor opção para abastecer. Combustíveis sem procedência não são garantidos por nenhuma marca, têm baixo rendimento e ainda podem prejudicar o veículo. Muitas pessoas acabam utilizando combustíveis adulterados na tentativa de economizar. O barato pode sair muito caro, especialmente em tempos de gasolina a R$4,80 e álcool a R$3,60!

    Esteja em dia com a manutenção do veículo

        Estar em dia com as revisões recomendadas pelo fabricante do seu veículo significa mantê-lo funcionando da melhor forma possível, sem desgastes excessivos ou gastos exagerados de combustível. Um motor que se mantém revisado sempre será o melhor amigo do seu automóvel, tendo um bom desempenho e gastando apenas o combustível que foi projetado a gastar, nenhum litro a mais!

    Fique de olho no filtro de ar

    Se o seu veículo está gastando mais do que de costume, a sua atenção deve se voltar para o filtro de ar. Afinal, há quanto tempo você não o troca? Os filtros de ar originais são famosos por consumirem muito combustível tão logo se sujem. Isso se explica por conta da tecnologia e do material, que se torna restritivo quando há a presença de muitas partículas de sujeira. Resultado? O motor acaba utilizando combustível para compensar o ar impedido de entrar pelo filtro. Se você não quer se preocupar muito com isso, uma boa opção é utilizar um filtro de ar especial, que precisa ser trocado com menos frequência e não restringe a passagem de ar.

  • Gás natural veicular é um bom combustível? Conheça as vantagens e desvantagens

    Em tempos de alta do valor do combustível a maior tendência do consumidor é procurar opções para economizar. Já que não é possível se desfazer do veículo, a ideia é procurar postos com promoção, rotas mais curtas ou com menos fluxo de veículos, atenção redobrada com a troca do filtro de ar e até mesmo a redução do uso de ar condicionado. Muita coisa vale quando falamos sobre aliviar a pressão no bolso no fim do mês. Mas será que vale a pena adaptar o veículo para funcionar com um novo combustível?

     

    Os veículos flex, como o próprio nome já sugere, permite ao consumidor certa flexibilidade na hora de escolher o combustível, podendo optar, entre álcool e gasolina, por aquele que compensa mais no momento. Porém, uma opção que vem sendo cada vez mais comentada é o Gás Natural Veicular (GNV), o combustível mais barato do mercado, que rende mais e que polui menos. O único contra, dizem, é que é preciso fazer uma adaptação no veículo para que ele funcione com o GNV. Seria possível tantos benefícios?

     

    O que é o Gás Natural Veicular?

     

    Trata-se de uma substância gasosa que é extraída do subsolo, formada por uma mistura de hidrocarbonetos leves e que pode ser utilizada como combustível. De acordo com a Petrobrás, o GNV já é amplamente utilizado como combustível na indústria, no aquecimento predial e também como matéria-prima para a fabricação de fertilizantes. Acredita-se que é o “combustível do futuro”, já que proporciona uma queima que pode ser considerada como uma das mais limpas, tendo em vista que não possui enxofre em sua composição. Isso significa que não causa o problema da chuva ácida, por exemplo.

     

    Ainda de acordo com a Petrobrás, o GNV consegue aumentar a vida útil do motor devido ao fato de ser um combustível seco e limpo, além de evitar a corrosão do escapamento do veículo. Os custos da troca de gasolina ou etanol pelo GNV podem ter uma economia de até 60% ao longo do tempo, já que é muito mais barato. O custo da adaptação pode variar de R$2.500 a R$6.000, a depender do tamanho do cilindro. Abastecê-lo possui um custo médio de R$30 que pode garantir que o veículo rode cerca de 190 km.

     

    A desvantagem mais falada, até o momento, é que o cilindro ocupa um considerável espaço no porta-malas. Especialistas garantem que não há perda de potência do veículo e nenhum outro problema de segurança que o torne uma opção inferior à gasolina ou ao álcool. Trata-se de um combustível mais limpo, com menos impacto ambiental e que rende muito mais. Em todo caso, após a adaptação, o proprietário do veículo precisa redobrar os cuidados com o filtro de ar, as velas e cabos, já que sofrem maior desgaste. No caso do filtro de ar é interessante optar por um filtro especial, já que possui maior capacidade filtrante e é composto por material mais resistente, evitando problemas ocasionados por falhas na filtragem.

  • Conheça as vantagens do filtro de ar especial INflow para carros

    Entre milhares de fóruns pela internet e em um mar de opiniões divergentes, é natural que muitos leitores que desejam saber mais a respeito da viabilidade dos filtros especiais fiquem um tanto perdidos. Nesse contexto, é de suma importância prover o máximo possível de informações técnicas para garantir que todos estejam munidos do que é realmente relevante para decidir a conveniência de um filtro especial para seu veículo. Por essa razão, preparamos este artigo visando esclarecer ao máximo possível todos os pontos positivos e negativos daquilo que já conhecemos do mercado em termos de filtros de ar automotivos.

    Por dentro do filtro de ar automotivo

    Em palavras simples, sabemos que a função do filtro de ar automotivo é permitir a passagem de ar limpo para dentro do motor para que a combustão aconteça a partir de uma mistura ideal, que consiste em uma proporção de 14,7 partes de ar a cada parte de combustível. Um filtro eficiente deve garantir que essa mistura obedeça a essa proporção pelo máximo de tempo possível, cuidando para que o gasto de combustível não ultrapasse o que é determinado pelo fabricante do veículo.

    Assim, para entender melhor como funciona o filtro INflow, é válido falar a respeito de sua espessura, que tem papel importante na filtração e fluxo de ar. Filtros de ar originais ou de papel possuem espessura de 0,5 milímetros ou 1,0 milímetro a depender do seu material (os filtros de fibra de algodão são mais espessos). O filtro INflow possui cerca de 5 centímetros de espessura, o que nos dá quase 50 vezes mais filtragem do que os filtros originais, permitindo que mais poeira, partículas de ar e outros materiais sejam retidos pela área de filtragem antes que os seus poros sejam entupidos.

    Além de ter o poder de filtrar muito mais sem restringir a entrada de ar para dentro do motor (permitindo a mistura ideal para combustão), o filtro INflow é lavável. Assim, quando chega a hora de fazer a lavagem, você pode ter novamente todo o poder filtrante que tinha quando adquiriu o filtro. Seria como adquirir um novo sem precisar investir nisso, bastando fazer a lavagem indicada pelo fabricante. Embora alguns filtros de algodão também sejam laváveis para reutilização, perdem cerca de 10% de sua eficiência a cada lavagem devido à desestruturação das fibras de algodão.

    Porosidade

    A porosidade é outro aspecto fundamental para conhecer a qualidade e eficiência do filtro de ar automotivo que você irá escolher para o seu veículo. No caso dos Filtros INflow, sua porosidade é específica e equilibrada para garantir pouca perda de carga sem comprometer a filtração.

    Em testes feitos de acordo com os padrões de engenharia automotiva SAE, os filtros INflow apresentaram eficiência de filtragem inicial de 97,93%, de modo que apresentou equilíbrio entre filtragem e retenção absolutamente adequado, retendo até partículas de poeira muito finas, o que é ideal para quem trafega com frequência em estradas de terra.

    Para saber qual é o filtro INflow adequado para o seu veículo, acesse o site www.filtrosinflow.com.br e insira as características requisitadas.

  • Por que vale a pena investir em um filtro INflow?


    Se você tem acalentado a ideia de trocar o filtro de ar do seu carro mas ainda não se decidiu, fizemos este artigo para que você possa ter certeza das vantagens que um filtro especial INflow poderá proporcionar ao seu veículo. Através de um comparativo com o filtro original e do feedback dos clientes que utilizam o filtro, chegamos a este conteúdo para informar de forma direta como e a partir de quando os resultados do seu investimento começarão a aparecer.

    Economia de combustível

    É muito importante prestar atenção a este fator, pois muitas pessoas podem esperar uma queda brusca no consumo de combustível e isso é algo impossível de se proporcionar, a não ser que você faça alterações inviáveis de mecânica. É fato que o filtro de ar especial feito de poliuretano proporciona uma economia de combustível que pode chegar até 7% - que foi apontado por nossos clientes. Porém, esse ganho não será visto no primeiro mês. A vantagem está em um prazo um pouco mais longo.

    Ora, quando você troca o seu filtro original por outro, consegue utilizá-lo em sua capacidade total por pouco tempo, já que à medida que os poros entopem ele se torna mais restritivo, fazendo com que o motor trabalhe com mais combustível e menos ar. Portanto, quando você está prestes a trocar o seu filtro de papel, ele já está muito restritivo. Fazendo um paralelo entre a utilização do filtro original e o filtro especial da INflow, a questão da restrição com o passar do tempo pode ser eliminada, já que o filtro continua exercendo sua capacidade total mesmo muito tempo após a sua instalação. A tecnologia superior dos filtros especiais de “espuma” (poliuretano especial) permite que o ar encontre o seu caminho até o motor através de poros dispostos aleatoriamente nesta “espuma”, sem que a passagem de ar seja comprometida.

    Custo-benefício

    Economia? Mas o filtro especial não é mais caro?

    Sim, de fato. O filtro especial custa em torno de 130 reais, enquanto o filtro original pode ser adquirido por 30 reais, incluindo mão de obra, considerando um veículo utilitário. Porém, novamente voltamos ao longo prazo. O filtro original deve ser trocado a cada 10 mil km ou a cada 6 meses em utilização moderada e até muito antes disso, caso você trafegue em ambiente com excesso de partículas de materiais - terra, areia, pedras, etc. O filtro original não pode ser reaproveitado, mas o filtro especial pode! O que você precisa para  investir na troca de quatro filtros originais, poderá fazê-lo na aquisição de somente um filtro especial INflow. Além disso, é preciso acrescentar nesta conta a economia de combustível, uma prevenção do desgaste do motor e outros componentes e da saúde do veículo como um todo.

    Responsabilidade ambiental

    A questão do meio ambiente torna-se mais preocupante a cada dia e a Trytech, empresa responsável pela fabricação dos filtros INflow, não mede esforços para oferecer ao usuário um produto o mais ecologicamente correto possível. O filtro especial INflow dispensa grande descarte de resíduo sólido, especialmente quando pensamos em larga escala. Um filtro especial consegue suprir a utilidade - de forma superior, diga-se de passagem - de quatro filtros originais que seriam descartados. Quem já deu uma espiada no seu filtro de ar já deve ter percebido que a quantidade de material é relativamente grande e que um filtro reutilizável e que pode ser lavado pelo próprio cliente é uma excelente ideia no momento atual.

  • O que fazer para conservar a pintura original do seu veículo?

    A pintura automotiva é um fator muito importante para a aparência de um veículo e é capaz de afetar drasticamente o seu valor de revenda. Além disso, é muito desagradável tirar um carro brilhando de novo e verificar que com o tempo ele está ficando cada vez mais opaco e desbotado. Pensando nisso, muitas concessionárias oferecem, tão logo um veículo é vendido, o serviço de revestimento da pintura, que geralmente é bastante caro e não apresenta uma solução definitiva para o problema. Se, por um lado, você deixa o carro pra fora e não tem um local coberto para guardá-lo, o revestimento não dura e não apresenta uma boa relação custo-benefício. Por outro, quem possui garagem coberta para deixar o veículo o dia todo acaba por não precisar do serviço.

    Em todo caso, há quem prefira se prevenir e contratar este tipo de serviço, só para garantir. Porém, se o seu negócio é cuidado diário, este artigo vai te ajudar. Aqui, pretendemos derrubar alguns mitos e prover algumas sugestões eficientes para conservar o máximo possível a pintura do seu veículo de modo a manter a sua aparência de novo por muito mais tempo. É importante ressaltar que o mercado propõe muitas soluções que acabam não sendo efetivas e possuindo um custo alto.

    A “estopa” - sabe aqueles panos velhos que os lava a jatos e postos de gasolina tanto utilizam? Eles possuem uma razão para existir! Panos tradicionais, por mais macios que pareçam, podem ter uma trama áspera que arranha a lataria do veículo. Por essa razão, você sempre deve optar por esponjas especiais ou pela famosa “estopa”, caso resolva lavar o seu carro em casa. Mesmo que deseje apenas limpar uma mancha, nunca utilize papel ou um tecido duro para fazê-lo.

    Capas automotivas - o propósito da capa automotiva é justamente proteger a pintura do veículo contra a radiação solar. No entanto, é possível que faça justamente o contrário. Em muitos casos, o excesso de calor ou o acúmulo de água no plástico podem manchar a lataria do carro, fazendo com que você tenha prejuízos, os quais está querendo evitar. A capa automotiva é mais eficiente para evitar danos causados pela poeira ou excesso de água. No entanto, é importante que seja retirada com certa frequência e que o veículo não seja esquecido embaixo dela.

    Sombras de árvores - quem não adora uma sombra? Motoristas disputam pequenos espaços embaixo de árvores, para que seus veículos não sofram com a ação do sol. No entanto, é preciso ter cuidado com duas coisas: a seiva de alguns tipos de plantas e as fezes de alguns pássaros, que podem manchar a pintura. Se acaso você parar embaixo de uma árvore e algum pássaro lhe houver “premiado” o carro, lave imediatamente com água e shampoo. Não se esqueça de usar um tecido macio, caso deva esfregar!

    Polimento e lavagem - nem sempre o polimento é indicado em toda lavagem. Às vezes, só é recomendado para casos especiais, como para esconder alguns arranhões, por exemplo. Lavar o carro uma vez ao mês é suficiente para conservar sua pintura. Fuja das lavagens automáticas e das duchas com escovas e vassouras, pois suas cerdas certamente arranharão a pintura. Se possível, utilize uma cera protetora. Geralmente, o cuidado diário é bem mais eficaz do que quaisquer tipos de revestimento!

5 Produto(s)