Bem-vindo(a) a Filtros Inflow

Bem-vindo(a) a Filtros Inflow

Últimos Adicionados

Nenhum produto no carrinho.

Filtros de ar automotivo

  • Conheça as vantagens de trocar o filtro de ar original do motor do seu veículo por um filtro especial

    O filtro de ar do seu carro sempre será uma peça para a qual você nunca poderá deixar de dar atenção, assim como acontece com a troca do óleo, do filtro de ar condicionado e outros componentes. Ao adquirir um veículo novo ou usado é importante estar ciente de que você adquiriu também muitas responsabilidades e isso inclui o devido cuidado indicado pelo fabricante. Antes de falar sobre os filtros especiais, precisamos mencionar a importância do filtro de um modo geral.

    O filtro de ar do seu veículo pode afetar o meio ambiente, o seu bolso e a saúde do seu motor caso esteja sujo, restritivo em excesso ou deixando passar muitas partículas de sujeira e ar. O filtro de ar trabalha de forma eficiente quando trabalha em equilíbrio, e esse equilíbrio consiste em reduzir ao máximo a entrada de partículas de sujeira deixando passar a quantidade ideal de ar para o interior do motor, permitindo um bom desempenho e um gasto coerente de combustível.

    O filtro sujo, especialmente quando é o filtro original de papel, é bastante restritivo e representa um gasto muito maior de combustível. Ele é eficiente quando falamos de filtragem, mas essa eficiência é baseada em restrição de ar. Assim, é comum que o motorista sinta o carro “amarrado” tão logo o filtro se suja. Mesmo quando é novo, o ganho de potência é irrelevante. É preciso considerar também que o uso excelente deste filtro dura pouquíssimo tempo, já que ele se suja rapidamente. A recomendação dos fabricantes, de um modo geral, é que seja trocado de 6 em 6 meses ou a cada 10 km. É importante checá-lo até antes de atingir esses números quando se trafega com frequência na zona rural, devido a uma maior incidência de poeira.

    Os filtros especiais e as soluções propostas

    O filtro especial foi criado considerando as necessidades de um proprietário de veículo, independente do uso que faça do mesmo. O filtro especial é composto de um material mais resistente e a filtragem se utiliza de tecnologias mais complexas e materiais superiores aos dos filtros de papel. Os filtros de gaze são superiores devido ao material utilizado, embora se valham da mesma tecnologia que os filtros originais. Os filtros de espuma - considerada hoje como o produto que mais atinge a demanda por equilibrar o bom funcionamento do filtro - são superiores em material e tecnologia, que é totalmente diferente do filtro original e também do filtro de gaze.

    A vantagem principal do filtro especial em termos de utilidade é que o usuário não precisa se preocupar tanto com sua troca, não precisa descartá-lo a cada seis meses e pode trafegar com a tranquilidade de consumir o combustível necessário (nada mais que isso, ao menos em razão do filtro) para um bom desempenho do veículo. O filtro especial permite um deslocamento mais livre, mais obediente e evita que o motor corra o risco de fundir por motivo de sujeira. Para veículos de corrida e rally, o filtro de ar deve ser trocado de qualquer forma e isso evidencia a questão do ganho de potência de que tanto ouvimos falar. Um filtro restritivo não dá ao motor a chance que ele merece de efetuar o arranque e atingir a potência necessária. Para não prejudicar esse tipo de motor - que não custa nada barato - a necessidade se concentra em ter um filtro que permita que o máximo de poeira seja filtrado.   Os ganhos também abrangem questões ambientais como o descarte de resíduos e a exploração de recursos. Os motoristas conscientizados a respeito deste tipo de causa certamente evitarão o descarte de material comprando um filtro que não necessita  ser trocado em tão pouco tempo. A isso, soma-se a questão do gasto moderado de combustível, cuja fonte não é renovável.

  • O que faz com que os filtros de ar de espuma sejam melhores do que os de papel?

    Se você está lendo este texto, provavelmente já sabe como funcionam os filtros de ar veiculares, certo? Para os leitores que ainda não sabem, podem dar uma conferida neste artigo para entenderem melhor do que falaremos a seguir. Todos os motoristas que gostam de saber como os seus veículos funcionam - e também de economizar - sempre buscam meios de fazê-lo e uma dessas formas é fazendo uma análise do tipo de filtro mais adequado  ao seu veículo. Aqui, falaremos um pouco dos detalhes de funcionamento do filtro de ar de espuma e do filtro de papel, permitindo assim que você conclua qual seria o melhor para o seu caso.

    Para que um filtro de ar seja considerado eficiente, ele precisa dar conta de duas funções: filtrar o ar e permitir a sua passagem. Para que isso aconteça, os orifícios do filtro precisam estar suficientemente abertos (permitindo grande fluxo de ar para bom funcionamento do motor, que também pode ser conseguindo com uma maior quantidade de orifícios, em vez da abertura maior), mas tendo o cuidado de equilibrar esta abertura, de modo a impedir que partículas de sujeira e poeira entrem no motor, arranhando-o e causando o seu desgaste. Equilibrar estes dois fatores é um dos maiores desafios dos fabricantes de filtros. No caso do filtro de papel, é limitado devido ao fato de ser feito com um material mais barato e de qualidade questionável. Nunca tente lavar um filtro de papel, pois você o inutilizará. Quando sua capacidade filtrante vence, você deve adquirir um novo. Na imagem abaixo, você pode conferir a representação de um corte transversal de um filtro de papel plissado (com dobras) e não plissado (semelhante a um filtro de café):

    Link:http://blog.perrinperformance.com/foam-filter-qa-why-they-are-the-best/

    Basicamente, o orifício de entrada é maior, bloqueando a sujeira para que não entre no orifício menor, mas deixando espaço para a entrada de ar. Já no segundo exemplo podemos observar o caso dos filtros de ar de papel que estão no mercado atualmente. As dobras servem para aumentar a área de superfície filtrante. Em todo caso, os filtros de papel são naturalmente restritivos e, com o tempo, impedem que o ar entre no motor tanto quanto é necessário para gerar uma mistura ideal para a combustão.

    Os filtros de gaze (ou algodão)

    Os filtros de gaze são muito famosos e merecem esta fama devido ao fato de serem os pioneiros no mercado em termos de filtro de alta performance. Os filtros de gaze quando comparados aos filtros de papel apresentam dois importantes diferenciais: trama mais aberta, permitindo maior passagem de ar e oleada. O óleo é essencial no sentido de “segurar” as partículas de sujeira para impedir sua entrada no motor. O óleo é importante nesse caso justamente pelo fato de a trama ser mais aberta, já que a sujeira que passaria no motor fica presa nele. Abaixo, confira uma imagem da trama oleada para entender melhor como este filtro funciona:

    Link:http://blog.perrinperformance.com/foam-filter-qa-why-they-are-the-best/

    Os filtros de gaze são também plissados para uma melhora de eficiência e sustentação do material, que é frágil. Desse modo, o filtro se vale de uma técnica semelhante ao filtro de papel, porém superior devido ao material e também do uso do óleo. Veja a seguir:

    Imagem: http://blog.perrinperformance.com/foam-filter-qa-why-they-are-the-best/

    O fato deste filtro ser pregueado aumenta a eficiência de filtragem, mas apresenta um problema: a sujeira se acumula nos cantos, restringindo a passagem de ar e trazendo um desequilíbrio entre os fatores filtragem x fluxo de ar no motor. Desse modo, tal qual o filtro de papel, o filtro de gaze perde posição entre os mais eficientes. Para solucionar a questão, os fabricantes conseguiram tornar este filtro lavável, de modo que uma vez que se acumula sujeira e a restrição começa, você pode fazer uma limpeza e não precisa jogá-lo fora.

    Os filtros de espuma e um breve comparativo com os filtros de gaze

    A espuma é muito presente em nossas vidas e pode ser utilizada com sucesso para desempenhar diversas funções. Por ser um material resistente e ao mesmo tempo flexível, a espuma também desempenha a filtragem de ar com bastante sucesso. Procuraremos explicar sucintamente sua tecnologia e mostrar porque são superiores aos filtros de papel e aos outros filtros de ar. Abaixo, vamos mostrar um comparativo entre o filtro de espuma e o de gaze (que é superior ao de papel, mas inferior ao de espuma).

    Link:http://blog.perrinperformance.com/foam-filter-qa-why-they-are-the-best/

    Na imagem acima, podemos observar a representação de um filtro de gaze no momento em que exerce a sua função. As setas verdes representam o fluxo de ar. Os pontos em marrom representam as partículas de sujeira que devem ser filtradas. Os pontos negros representam os elementos filtrantes a seco (orifícios) e os círculos rosados representam os elementos filtrantes oleados. Podemos observar que o filtro funciona bem quando consideramos a presença de 15 partículas de sujeira. No caso de 50 partículas, se torna restritivo, de modo que a passagem de ar fica bloqueada pela sujeira. Se o veículo transita em um ambiente com grande quantidade de poeira, terra ou areia, o filtro rapidamente entope, comprometendo o desempenho do motor. Confira a seguir a semelhante representação para o caso dos filtros de espuma:

    Mesmo com o uso moderado (seja em ambiente com grande quantidade de sujeira ou depois de algum tempo de uso do filtro) as partículas de sujeira filtrada não impedem a passagem do ar, seja para 15 ou 50 partículas de sujeira. A trama da espuma tem abertura o suficiente para muito mais do que isso. Para você visualizar um pouco melhor o funcionamento da imagem acima, confira abaixo o filtro de espuma em sua versão real:

    Link:http://blog.perrinperformance.com/foam-filter-qa-why-they-are-the-best/

    O filtro de espuma consegue desempenhar sua função filtrante porque equilibra os dois fatores dos quais tínhamos falado no início do texto: impede a entrada de partículas de sujeira que danificam o motor, sem impedir que o ar entre. Tanto nos filtros de papel como nos de gaze o acúmulo de sujeira restringe a entrada do ar no motor, tornando necessário a troca (no caso do papel) ou a limpeza com uma frequência muito maior (no caso dos filtros de gaze/algodão). Embora a espuma consiga reter uma grande quantidade de sujeira, o filtro continua trabalhando ainda por muito tempo sem gerar desgaste do motor ou uma maior queima de combustível. Indiscutivelmente a espuma é a melhor escolha para qualquer caso, independente da quantidade de partículas de sujeira presentes no ambiente ou mesmo do uso do veículo.

2 Produto(s)